A redescoberta de Nínive


Nínive, a segunda capital da Caldéia, fundada em 2250 a.C. e destruída em 612 a.C., foi redescoberta em 1849 pelos arqueólogos Austin Henry Layard (1817-94) e Hormuzd Rassam (1826-1910) que entre 1847 a 1851 conduziram escavações em Quyunjik, localidade nas margens do rioTigre oposta à cidade de Mosul – a mesma que atualmente se encontra refém dos terroristas do Isis.

Quyunjik havia sido recentemente escavada por Paul Émile Botta (1802-1870), cônsul francês junto ao antigo Império Turco-Otomano, atual Iraque, que embora fosse formado em medicina, tinha uma grande paixão pela arqueologia e pela história. Entretanto, Botta falhou em descobrir Nínive por ter decidido parar com os trabalhos em Quyunjik para ir escavar em Khorsabad. Ao invés de Nínive, Botta descobriu o palácio de Sargão II na antiga cidade de Dur Sharrukin, com suas famosas figuras aladas, seus relevos e inscrições em babilônio cuneiforme, que ele pensou tratar-se de Nínive.

A notícia de que Botta havia descoberto Nínive, mesmo não sendo verdadeira, atraiu Layard e seu associado Rassam, que resolveram escavar em Quyunjik, onde em 1849, eles encontraram o palácio construído por Sennacherib, o avô de Assurbanipal, e em 1853, Rassan descobriu sozinho o palácio de Assurbanipal (c. 669-663 a.C.) e a bibioteca de Nínive que este havia construído para preservar a história da Caldéia e da antiga civilização Suméria-Acadiana.

Cerca de cem mil tabletes e fragmentos de barro contendo inscrições em babilônio cuneiforme oriundos das escavações de Layard e Rassam foram remetidas para o Museu Britânico. Tal acervo foi logo colocado à disposição dos especialistas, que aos poucos começaram a traduzir os registros e a literatura da Babilônia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s